Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 30 de março de 2014

3834 - Mauro Coelho 7 : boa lembrança

A disposição de Mauro Coelho para ajudar os moradores do seu bairro
se sobressaía quando ocorriam enchentes


Não só nos amantes do futebol a lembrança de Mauro ficará marcada. 
Muito comentada no enterro foi sempre a sua extraordinária disposição para ajudar os seus companheiros moradores, da Coréia e outros bairros inundáveis, nas ocasiões de enchente. Muitas vezes esquecendo até  da sua própria casa, situada em terreno  mais elevado mas não à salvo das grandes enchentes, Mauro cuidava cuidava para tomar providências para assistir aos necessitados.
No ano passado, como funcionário municipal, coube-lhe o encargo de prestar esse auxílio podendo contar, então, com os recursos da prefeitura.
Nos pavilhões do Parque Centenário, que encontrava-se sob a sua administração, ele abrigou dezenas de famílias, nas várias enchentes daquele ano, impondo autoridade a todos com a cara fechada que sempre usou para esconder o coração generoso.

Matéria publicada pelo jornal Fato Novo na edição de 29 de março de 1984.


Nenhum comentário:

Postar um comentário