Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 16 de maio de 2014

4021 - A origem do balneário La Toma

No ano de 1933, os maradores da localidade de Costa da Serra já frequentavam
o açude situado na localidade para passeios e banhos

Hoje, mais arborizado e com grande estrutura, o La Toma é a maior
atração turística do município de Montenegro
No ano de 1933, Edmunodo Albino Schaeffer fotografou este belo açude em Costa da Serra. Ele era formado por um pequeno rio que saia da mata virgem. 
Naquele distante ano, o lazer das pessoas daquela localidade era, aos domingos, ir se banhar nas águas cristalinas daquele açúde. 
No caminho até lá as pessoas, em grupo, costumavam cantar. Era uma época em que não existia nem rádio portátil. Muito menos os equipamentos de som automotivo que hoje costumam ser utilizados, até com exagero, em balneários desse tipo.
Vemos na foto,  da esquerda para a direita, Matilde Esswein e seu menino Eduardo, Luiza Schaeffer, Selma Schaeffer, Elma Schaeffer Borchardt e seu filho Irineu e Ilda Schaeffer. 
Edmundo era irmão de Helmuth Edwin Schaeffer, que foi o pai de 
Sônia Schaeffer Esswein. Sônia casou-se  com Heitor Esswein, filho de Lalau Esswein, homem de grande fortuna, também residente na Costa da Serra.
Heitor e Sônia foram os criadores do parque La Toma na década de 1990. 

Foto antiga do acervo de Egon Arnoni Schaeffer

Nenhum comentário:

Postar um comentário