Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 31 de maio de 2014

4079 - Há 50 anos, os motociclos eram a febre

A praça Rui Barbosa era ponto de encontro dos jovens motociclistas 
montenegrinos
A rua Ramiro Barcelos era a passarela para o desfile dos jovens 
com seus potentes motociclos

Depois vieram as motos
As motos foram um fenômeno de popularidade nas últimas décadas do século XX. Hoje 
ainda agradam muito, principalmente aos jovens, mas não existe o mesmo entusiasmo daquela época.
Antes do aparecimento das motos, a febre foram os motociclos.
Aqui algumas fotos dessas máquinas que empolgavam a juventude pelo meio do século passado.
Produzidos no Estados  Unidos e na Europa, os motociclos eram bastante caros e pouco acessíveis para os jovens. Mais tarde, as fábricas japonesas, especialmente a Honda e a Yamaha, dominaram o mercado mundial, oferecendo veículos de boa qualidade com melhor preço. Pelos anos 1960 e 70, a difusão da venda a crédito e a invenção dos consórcios tornaram as motos mais acessíveis para jovens das classes sociais menos privilegiadas. Muitos rapazes passaram a comprá-las para ir ao trabalho e também para passeio.
Nessa época e até o início do atual século, os acidentes com moto foram uma verdadeira tragédia. Como se observa nessas fotos, os motociclistas não usavam capacete. A obrigação do uso só foi implantada no final do século.
As fotos em preto branco publicadas acima são anteriores à década de 1950, época em que o prefeito Germano Hencke asfaltou as principais ruas da cidade.

Fotos postadas na página de Facebook Montenegro de Ontem

Nenhum comentário:

Postar um comentário