Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 11 de julho de 2014

4216 - O vapor Corvo, depois transformado no fatídico Horizonte

O vapor Corvo atracado no porto de Montenegro


Corvo era o nome de uma localidade situada às margens do rio Taquari, a montante (rio acima) de Lajeado. O vilarejo mudou de nome quando tornou-se município, sendo conhecida hoje pelo nome de Colinas.
Foi, certamente, para homenagear aquele antigo vilarejo que foi dado o nome de  Corvo a um antigo vapor que navegava pelo rio Taquari.
Um nome mal escolhido. Afinal, o corvo é uma ave que lembra a morte, pois ele se alimenta da carne de animais mortos (carniça). Considerando-se que a navegação a vapor era um tanto perigosa, não era um nome muito comercial e positivo.
No entanto, o vapor navegou por muitos anos e, como aconteceu com a maioria dos outros, nunca aconteceu com ele nada de nefasto ou mortal. Ao menos que se saiba. 
Porém, quando ele já estava bastante envelhecido, ele foi vendido, passou por uma reforma e os seus novos proprietários tiveram a feliz ideia de mudar o seu nome. Escolheram, então, um nome bem bonito: Horizonte.
Com esse nome o vapor serviu por vários anos até que, em junho de 1923, ele explodiu causando a morte de uma dezena de pessoas. 
Apesar da mudança no nome, pelo visto, a maldição do nome mal escolhido não poupou o vapor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário