Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 29 de julho de 2014

4589 - A Charanga do Portão

O ônibus tinha apenas 18 acentos e levava mais de 40 estudantes,
que achavam tudo muito bom



Este pequenos ônibus foi a primeira linha "ponta-a-ponta" do então recém emancipado município de Portão. Foi uma tentativa de criação de uma empresa de ônibus. O projeto, porém, não foi muito adiante. Talvez por pressão das grandes empresas que já atendiam o município, que eram a Caiense e a Auto Viação Montenegro.
O ônibus foi adquirido da empresa Central, de São Leopoldo, por isso o nome da Central continuou estampada nas laterais. O seu proprietário era um homem de origem italiana, muito simpático, que começou fazendo a "linha" colegial noturna. Ela ligava o Areião ao bairro Ouro Verde. Ia das duas extremidades do município, levando os alunos até o Ginásio, na Estação Portão, onde hoje é o Colégio Pedro Schüller.
Foi sucesso imediato e todos os alunos que usavam ônibus só queriam andar na "Charanga", como ficou apelidado o pequeno veículo. A capacidade era para apenas 18 passageiros, mas lá iam bem mais de 40.  Quem cobrava a passagem eram os próprios estudantes, que se revezavam. Imaginem a bagunça, mas aquilo era muito bom e foi sucesso total... Muito namoro começou e também terminou na CHARANGA.... Isso foi lá pelos anos 1966 a 68...


Texto e foto extraídos da página de Facebook de Os Invictos

Nenhum comentário:

Postar um comentário