Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 14 de outubro de 2014

4012 - Eduardo Kasper: um século de história para contar

Eduardo Kasper tem a receita para chegar aos cem anos com saúde


O Castelo Kebach, em Montenegro, será o cenário para uma história centenária. Entre os muros que reproduzem as antigas construções medievais, um homem estará comemorando, junto a familiares e amigos, o aniversário de 100 anos. E a festa será no enigmático 12 de outubro, Dia da Criança. Certamente, ao lado de filhos, netos, bisnetos, tataranetos e amigos, Eduardo Kasper vai lembrar que também foi criança. Deverá recordar a infância sofrida no Morro do Cedro, hoje município de São José do Sul. Como a mãe morreu no parto e o irmão gêmeo alguns dias depois, Eduardo acabou sendo criado pela avó. 

Mas quando tinha seis anos a avó também faleceu, e ele passou a ser criado pelos tios.

Eduardo Kasper vai ver as muitas crianças correndo pelos gramados do castelo, e vai lembrar que na sua dura infância a brincadeira era outra. “Nossa brincadeira era trabalhando”, confidenciou ele, durante um passeio no qual revisitou a casa onde nascera, em 1914. “No cabo da enxada a gente fazia de conta que tava brincando”, recordou. 

Ele passou por momentos difíceis. Aos 9 anos viu um vagão de trem levar os mortos da Batalha do Cafundó, ocorrido em 1923, no Vapor Velho. Aprendeu a falar em português aos 11 anos. Enfrentou o peso de ser descendente de alemães em dois períodos de guerra mundial. Trabalhou em açougue e olaria. Casou-se aos 18 anos com Orvalina. Criaram nove filhos com amor e trabalho.

A vida dura, porém, não endureceu o coração de Eduardo. Ao ser perguntado sobre a receita para chegar com saúde aos cem anos, ele deixa brilhar os olhos azuis, sorri e fala: “Comer bem e não discutir”. A alimentação natural e a tranquilidade da alma. Cada vez mais o mundo se esquece disto. Todos temos muito a aprender com Eduardo Kasper, 100 anos, morador de Santos Reis.



Matéria de J B Cardoso, publicada pelo jornal Fato Novo em 

Nenhum comentário:

Postar um comentário