Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

4880 - Lasier Martins, o senador montenegrino

Lasier Martins com amigos de Monenegro
Lasier na sede do Renner, time de futebol que seu pai ajudou a fundar
Lasier em Montenegro


Foi justamente em Montenegro que Lasier iniciou a sua carreira na comunicação. Falava no sistema de alto falante da Escola São João Batista quando aos 16 anos de idade, em 1959, começou a apresentar um programa de esportes na antiga Rádio Montenegro AM (hoje Rádio América). Também jogou no Renner, ao lado do irmão Lupi, também jornalista e já falecido. O pai, Antonio Pereira Martins, trabalhou no antigo frigorífico e foi fundador do clube de futebol. O nome dele foi colocado no campo de futebol sete do Renner. E Lasier intercedeu junto ao então governador Antônio Britto para que o Renner garantisse a propriedade de seu estádio.
Por tudo isso Lasier tem um carinho muito especial por Montenegro. “Com muito orgulho recebi o título de cidadão montenegrino”, disse, neste domingo, logo após a eleição, em entrevista justamente para a Rádio América, onde iniciou sua carreira jornalística. “É muito bom voltar a este microfone, agora como senador eleito”, comemora, enquanto era saudado por muitos militantes e simpatizantes.  "Foi em Montenegro que comecei a gaguejar", sorri o jornalista, que depois se destacou como apresentador nas Rádios Guaíba e Gaúcha, além de na RBS TV.
Em sua primeira disputa eleitoral, Lasier conquistou a única vaga para o Senado numa disputa equilibrada com o ex-governador Olívio Dutra (PT). O jornalista, de 72 anos, fez 2.145.479 votos, o que representa 37,42%, numa diferença de apenas 2,11% para Olívio. “Levei um susto, mas consegui me eleger”, diz, lembrando as últimas pesquisas, principalemente de boca de urna, que apontavam a vitória do petista. “Os gaúchos vão se orgulhar do senador que escolheram”, garantiu.

Fotos e matéria de Guilherme Schaurich Baptista


Nenhum comentário:

Postar um comentário