Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

4958 - A casa em que nasceu Guilherme Winter

Nessa casa nasceu o colonizador de Bom Princípio


Nesta casa, de mais de 220 anos, nasceu Wilhelm (Guilherme) Winter, que veio ao mundo como o quarto filho do casal Philipp Winter e Irmina Welter. No ano de 1827 ele emigrou para o Brasil com seus pais e irmãos e se estabeleceu em Linha Nova, com a família. No ano de 1846 comprou 43 quilômetros quadrados de uma terra praticamente inabitada, na qual ele fundou uma cidade, que hoje leva o nome de Bom Princípio. A localidade foi conhecida, por décadas, como Winterschneiss (a Picada do Winter). 
No Brasil, Guilherme deixou mais de 3 mil descendentes. Na Alemanha, esta casa ainda está "de pé", apesar do passar dos séculos. Ali ainda moram descendentes de uma tia de Guilherme, Irmina Winter Thul. 
Em 2011, a cidade de Klüserath, banhada pelo rio Mosel, ganhou uma placa para homenagear um de seus conterrâneos mais ilustres, Guilherme Winter, que passou por todas as dificuldades, atravessou o Atlântico, se estabeleceu no meio da mata, criou sua família, fundou uma cidade com bases sólidas, do qual é o patriarca. 
Bom Princípio também soube homenagear seu patriarca com uma placa e uma rua com seu nome. No último domingo, no dia dos finados, uma comitiva de mais de 20 alemães (que estiveram vários dias em Bom Princípio), foram até a lápide onde descansa o fundador da outrora denominada Picada do Winter e ali deixaram flores, como uma homenagem póstuma para este herói dos primórdios da imigração alemã no Estado do Rio Grande do Sul.

Texto de Felipe Kuhn Braun e foto do seu acervo

Nenhum comentário:

Postar um comentário