Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

5087 - Escola Evangélica de Linha Nova, em 1928



Normalmente, as comunidades luteranas tinham menos filhos e eram mais ricas que as católicas. Padres católicos incentivavam os fiéis a terem muitos filhos. Nas comunidades evangélicas, pelo contrário, havia um maior controle da natalidade.
Resultou disso que as famílias católicas tiveram mais dificuldade para trabalhar, economizar e enriquecer, ao contrário do que acontecia com as luteranas.
Essa foto, da Escola Evangélica de Linha Nova, apresenta sinais de maior prosperidade do que outra, da comunidade católica de Tupandi.
Mesmo assim, algumas comunidades católicas, como a de Bom Princípio conseguiram alcançar bastante prosperidade.
Tupandi era uma das comunidades mais pobres do Vale do Caí, até 1990, mas prosperou muito a partir da metade dessa mesma década. Época em que a Igreja Católica já não exercia a mesma influência sobre o número de filhos dos seus fiéis.
Isso pode ter ajudado a properidade extraordinária que Tupandi alcançou nas décadas de 1990 e 2000, mas outros fatores, além da influência religiosa, foram mais determinantes para esse êxito.


Alunos da escola católica de Tupandi


Fotos do acervo de Felipe Kuhn Braun




Nenhum comentário:

Postar um comentário