Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 10 de abril de 2018

5353 - Veraneio em Tramandaí, na década de 1950

Da esquerda para a direita, Ennio, Gilberto, Rejane, Renata, 
Ernani e Renato, em Tramandaí, no ano de 1956


Na década de 1950 as famílias do Vale do Caí costumavam veranear em Tramandaí, balneário então pertencente ao município de Osório.
Willibaldo Klein, caiense que então vivia em Capela de Santana, era um deles. 
Willibaldo era casado com a também caiense Helmi Laux e mantinha relação muito próxima com suas irmãs Olívia Fetzer e Irene. As quais eram casadas, respectivamente, com Fridolino Fetzer e Afonso Haas. Tanto ela como eles nascidos no Caí. 
Olivia e Fridolino viviam em Canoas, enquanto que Irene e Afonso residiam em Porto Alegre.
Afonso foi um dos pioneiros das linhas de ônibus entre Caí e Porto Alegre, mas na década de 1950 já morava em Porto Alegre e trabalhava como representante comercial.
Fridolino foi proprietário de um armazém em Porto Alegre, no bairro Navegantes. Willibaldo, na mesma década, foi comerciante em Capela de Santana.
Arlindo Laux, comerciante no bairro caiense da Vila Rica, era o irmão mais velho de Helmi.
Era casado com Alice Mentz e tinha grande amizade com Willibaldo (popularmente conhecido como Vili). Era comum o casal Arlindo e Alice veranearem na casa de Wili e Helmi.
Alice era descendente de familiares de Jacobina Mentz, personagem central do trágico episódio dos muckers, o trágico confronto entre seguidores da seita liderada por Jacobina.
O exército imperial foi convocado para desalojar os seguidores desta seita que se reuniram no alto do morro Ferrabraz, no Vale do Sinos. Depois de uma carnificina, membros da seita foram mortos ou tiveram de fugir e viver na clandestinidade, sofrendo forte discriminação.
Alice e Arlindo procuravam esconder ou minimizar a relação de Alice com os seus parentes que se envolveram na tragédia dos mukers.


Olívia, Irene e Helmi com crianças. Provavelmente
Íria Fetzer, Henrique Hass e menina não identificada.
Ennio, Henrique e Ernani, os filhos primogênitos das irmãs
Helmi, Irene e Olívia Laux

Helmi, casada com Wilibaldo Klein, foi mãe de Ennio e Renato; Irene teve o casal de filhos Henrique e Renata. Olívia era mãe de Ernani e Gilberto.

O local provável em que foi feita esta foto é a porta principal da residência de Wilibaldo (Wili) Klein, em Capela de Santana e o ano em torno de 1046.

Fotos do arquivo de Ennio Klein





Nenhum comentário:

Postar um comentário