Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 15 de abril de 2018

5363 - As emancipações ajudaram o Vale do Caí a dar um salto no seu desenvolvimento

São Vendelino é um dos menores, e mais bonitos, municípios da região

Quem visita os municípios que compõem a região do Vale do Caí fica bem impressionado com o desenvolvimento que eles tiveram nas últimas décadas.

As cidades da região, na sua maioria, são limpas e bem ordenadas, com ruas bem pavimentadas e prédios modernos bem construídos.
Quase todas as estradas que interligam os municípios do vale são bem pavimentadas e as ruas limpas e bem conservadas. Praças e parques foram implantados em quase todos os municípios surgidos nas últimas décadas na região.
Em 1980, o Vale do Caí era composto por apenas quatro municípios: Montenegro, Caí, Feliz e Salvador do Sul.
Hoje são 20. 
A grande mudança ocorrida na região começou com a emancipação de Bom Princípio, numa campanha árdua liderada pelo principiense Arno Eugênio Carrard. Apesar da incredulidade de muitos e da franca objeção de outros tantos, a campanha para a emancipação de Bom Princípio foi vitoriosa. 
Felizmente o novo município teve um ótimo prefeito logo nos seus anos iniciais, Hilário Junges, que governou o município por seis anos e, neste período, provocou uma espetacular transformação naquele antigo distrito caiense.
O sucesso de Bom Princípio inspirou lideranças de outros municípios a seguir o exemplo de Bom Princípio e outras localidades também se animaram a seguir o mesmo caminho.
Arno Carrard, voluntariamente, ajudou os líderes locais a encaminharem os seus processos de emancipação e teve tanto sucesso que ele foi solicitado a colaborar com os líderes emancipacionistas de outras regiões do estado, ajudando a criar mais de uma centena de novos municípios gaúchos.
Os líderes locais que assumiram o comando das comissões emancipadoras tiveram importante papel na criação dos novos municípios e merecem ser lembrados e homenageados pelas suas comunidades.
No Vale do Caí, Arno Carrard destaca alguns desses líderes: 
Em ALTO FELIZ, a professora Paula Solange Ten Cate; em BARÃO, Carlos Barreto; em BROCHIER, Bruno Kniest; em CAPELA DE SANTANA, Pedro Odone Oliveira; em. HARMONIA, Professor Gewehr; em. PARECI NOVO, Armin Heldt;. em SÃO VENDELINO, José Leomar Willrich; em SÃO PEDRO DA SERRA, Romeu Lermen; em TUPANDI, Paulo Arnhold; em  VALE REAL, Roque Freiberger; em LINHA NOVA, Guiomar Wingert; em. SÃO JOSÉ DO HORTÊNCIO, Clóvis Luiz Schaeffer; em SÃO JOSÉ DO SUL, Mário Rohr; em MATARÁ, Miguel José Haupenthal.
Em outras regiões alguns municípios antigos agiram contrariamente às emancipações de seus distritos. No Vale do Caí, felizmente, os municípios mãe (Montenegro, Caí, Salvador dos Sul e Feliz, liberaram áreas para as emancipações, num gesto de desprendimento que só trouxe benefícios para os novos e antigos municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário