Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 15 de setembro de 2013

2719 - Estrada de ferro até Caxias do Sul


Cie. Auxiliaire des Chemins de Fer au Brésil (1910-1920)
V. F. Rio Grande do Sul (1938-1975)
RFFSA (1975-1994)

CAXIAS DO SUL

Município de Caxias do Sul, RS
Linha de Caxias - km 194 (1960) RS-1199
  Inauguração: 01.06.1910
Uso atual: Secretaria da Cultura com trilhos
Data de construção do prédio atual: 1938
 
 
HISTORICO DA LINHA: A linha Porto Alegre-Caxias foi aberta no trecho entre a Capital e São Leopoldo em 1874, como a primeira ferrovia do Estado. Em 1876 foi prolongada até a estação de Novo Hamburgo. Em 1905, a Cie. Auxiliaire assumiu a linha. Apenas em 1909 a linha teve continuação, partindo de Rio dos Sinos, 7 km antes de Novo Hamburgo e chegando até Carlos Barbosa, e, no ano seguinte, até Caxias (Caxias do Sul). Em 1920 a linha foi assumida pela VFRGS. Foi desativada nos anos 1980; o trecho até São Leopoldo foi retificado e serve hoje ao sistema Trensurb da Grande Porto Alegre (trens metropolitanos); entre Rio dos Sinos e Montenegro, a linha foi erradicada em 1963, substituída por uma variante; para a frente, existem trilhos ainda em alguns pedaços, mas oficialmente a ferrovia a partir de Montenegro foi extinta em 1994 pela RFFSA.
 
A ESTAÇÃO: A estação de Caxias do Sul foi inaugurada em 1910. Para saber sobre o dia da inauguração, clique aqui. Até cerca de 1976 os trens de passageiros ainda chegavam a Caxias do Sul. Depois a estação foi desativada e hoje está fechada, embora razoavelmente bem conservada, pelo menos externamente. Segundo uma reportagem da RBS, o último trem de passageiros que partiu de Caxias fê-lo em setembro de 1978 (embora, nos guias, não houvesse já menção a nenhum trem para Caxias já no ano de
ACIMA: A festiva chegada do trem inaugural em Caxias do Sul, em 1910 (Autor desconhecido). ABAIXO: A linha chega pelo sudeste da cidade de Caxias do Sul em 1948 e se finda com um triângulo antes do grande pátio terminal (Revista Brasileira de Geografia, out-dez 1948).
1977 - ver box ao lado). Porém, nas comemorações dos 75 anos do município, em junho de 1985, uma composição do Trem Húngaro, que jamais havia rodado nessa linha, fez o trecho de Caxias a Farroupilha, lotado de passageiros. Este teria
TRENS - De acordo com os guias de horários, os trens de passageiros pararam nesta estação de 1910 a 1976. Alguns horários registrados (1964): chegada de Porto Alegre - 11:25 (P4); saída para PA - 14:20 (P5). (Guias Levi)
teria sido, na verdade, o último trem de passageiros por ali - mas tratava-se de uma comemoração. Parte do filme O Quatrilho foi filmada nessa estação. Ainda há trilhos por ali.
ACIMA: Estação de Caxias em 26/5/1996, ainda com seu pátio ferroviário (Foto Carlos Roberto de Almeida).(Fontes: Rodrigo F.; Hermes Y. Hinuy; Flavio Cavalcanti; Gilberto Blume; Stenio Gimenez; José Antonio Vignoli; Domenico Rangoni; Ricardo -; Guilherme Citolin; Carlos Cornejo e Eduardo Gerodetti: Lembranças do Brasil - As Ferrovias nos Cartões Postais e Álbuns de Lembranças, 2005; IBGE: Revista Brasileira de Geografia, out-dez 1948; Revista Ferroviária, 08/2000; Guias Levi, 1940-81; Mapa - acervo R. M. Giesbrecht)
   

Estação de Caxias em 1912. Foto publicada por Domenico Rangoni. Acervo José Antonio Vignoli

O prédio maior, no centro da foto do cartão-postal (provavelmente dos anos 1910) é o da estação. Foto do livro de Carlos Cornejo e Eduardo Gerodetti,Lembranças do Brasil - As Ferrovias nos Cartões Postais e Álbuns de Lembranças

A estação de Caxias do Sul em 1958. Autor desconhecido

Nos últimos anos de linha em Caxias, locomotivas da FEPASA no pátio da estação ainda com seus trilhos. A foto de Stenio Gimenez (07/1979) mostra a primeira equipe da FEPASA a chegar em Caxias no acordo operacional entre as ferrovias.

A estação de Caxias do Sul, em 15/03/2002. Foto Hermes Y. Hinuy

A estação em 10/2004. Foto Ricardo, de Caxias, RS

A estação em 30/01/2006. Foto Guilherme Citolin

A estação em 30/01/2006. Foto Guilherme Citolin
 
   

Site Estações Ferroviárias do Brasil: http://www.estacoesferroviarias.com.br/index.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário