Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 5 de outubro de 2013

2840 - Os Knob se reunem na Feliz

Emancipada em 1988, Hortêncio se torna uma cidade cada vez mais
bela e evoluída, sem sacrifício para a natureza






O município de São José do Hortêncio começou a ser colonizado em 1826 por imigrantes alemães. É a etnia predominante do município. As marcas da colonização alemã estão presentes no dia-a-dia de muitos hortencienses ( o dialeto Hunsrück, a culinária, as danças e músicas).
Também há descendentes de poloneses.
Alguns sobrenomes: Spaniol, Bender, Heck, Schneider, Brill, Dill, Backes, Engeroff, Klein, Koch, Metz, Junges, Führ, Schons, Welter, Weber, Rauber, Medtler, Meisterlin, Senger, Schäffer, Arend, Hanauer, Lamb, Hartmann, Krummenauer, Franz, Franzen, Follmer, Ludwig, Fritsch, Van Grol, Ody, Petry, Henz, Scholl, Becker, Lippert, Bohn, Arnold, Bauermann, Bervian, Braun, Christ, Erhart, Wecker, Graebin, Grohmann, Heinz, Hillesheim, Juchem, Jung, Kerber, Knob, Kunzler, Laux, Steffens, Zimmer, Mohr, Oppermann, Muller, Reichert, Spindler, Rockenbach, Schaeffer, Schmidt, Trein, Bischoff, Maurer, Bamberg, Brückmann, Fassbinder, Fritzen, Haupenthal, Johann, Kaddatz, Kraemer, Krindges, Rhoden, Lessinger, Lermen, Martini, Scheffler, Rohr, Roth, Ruschel, Winter, Feilstrecker, Hoerlle, Haffmeister, Scherer, Bock, Flach, Hensel, Hentges, Kuhn, Kunz, Schaedler, Schu, Würzius, Wolfart, Zimmermann, Vier, Winckert, Gewehr, Gossler, Dahmer, Eckert, Horn, Kohl, Pohren, Reinheimer, Robinson, Schorn, Steffen, Wiederkeher, Wust, Boettcher, Kauer, Staudt, Blume, Dillenburg, Röhsig, Wendling, Raber, Schuster.
Encontro da família Knob
O nono encontro da família Knob, que será em 13 de outubro, na Feliz, reunirá os descendentes do casal Johann Mathias Knob e Ana Maria Schmitz, que emigraram da Alemanha e se estabeleceram em Picada Hortêncio, atual São José do Hortêncio, onde criaram os dez filhos. Informações com Sérgio pelo telefone (51) 3637-2006, e Bruno, pelo (51) 9827-2325.
Dados e foto do site da prefeitura de São José do Hortêncio e da coluna Almanaque Gaúcho, no jornal Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário