Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

2856 - A crítica internacional exalta a cantora caiense Cláudia Azevedo

Cláudia Azevedo, em-destaque com vestido azul, com o coral infanto-juvenil
do Palacio das Artes e, ao fundo, o-grande coral da Orquestra Sinfônica do 
Estado de Minas Gerais
Il Turco in Italia (Rossini) - Rio de Janeiro
 
"Lyric coloratura soprano Claudia Azevedo, who debuted at the Teatro Municipal Rio de Janeiro on Friday night proved to be an outstanding Rossinian singer.  The soloist, from Rio Grande do Sul, who has worked with maestro Alberto Zedda at the Rossini Opera Festival in Pesaro, Italy which is the birthplace of Rossini, posseses a gracious, beautiful voice with a crystal clear timbre, endowed with incredible agility and a strong, precise technique.  How I did not know this wonderful soprano was the biggest revelation of the night.  She shined in her cavatina "Non si da follia maggiore", her second act aria "Se il zefiro si posa" her two duets with Selim "Serva…Servo" and "Credete femmine alle" and her duet with Geronio.  She is certainly an artist that deserves attention.  Claudia Azevedo will sing the role of Musetta in "La Boheme" later this year in December at the Theatro Municipal de São Paulo."   -Leonardo Marques, movimento.com

"A soprano lírico coloratura Cláudia Azevedo, que estreou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro nesta sexta-feira, demonstrou ser uma exímia rossiniana. A solista gaúcha, que já trabalhou com Alberto Zedda no Rossini Opera Festival de Pesaro (a cidade natal do mestre), é dona de uma voz graciosa, de belo e claríssimo timbre, e dotada de grande agilidade, pautada em técnica precisa. Como eu não a conhecia, a soprano foi para mim a grande revelação da noite. E ela brilhou tanto em sua cavatina (Non si dà follia maggiore), quanto em sua ária do segundo ato (Se il zefiro si posa), nos dois duetos com Selim (Serva… /Servo… e Credete alle femmine) e no dueto já citado com Geronio. Artista que certamente merece atenção, Claudia Azevedo cantará, ainda este ano, a parte de Musetta na produção de La Bohème no Municipal de São Paulo, em dezembro próximo."
                                                                                                                                                                                  -Leonardo Marques, movimento.com
 
Mitridate Re di Ponto (Mozart) - New York City
"The role of the Princess Ismene was radiantly sung by brazilian soprano Cláudia Azevedo.  I mention that she is brazilian because unlike the typical "american" sound, Azevedo had a voice of rich color with a floating and melifluous top.  Her sympathetc Ismene made a lasting impression especially in her second aria which came over me like a warm embrace."  John Anderson - Opera -L

"O papel da princesa Ismene foi cantando de forma radiante pela soprano brasileira Cláudia Azevedo. Digo que ela é brasileira, pois ao contrário do
típico som "americano” Azevedo tinha uma voz de cores ricas com notas agudas doces e agradáveis. Sua comovente Ismene deixou uma impressão duradoura em especial na sua segunda ária, que veio sobre mim como um abraço caloroso." John Anderson, Opera-L
"(...) At the Little Theatre, she was Cláudia Azevedo, who produced the sweetest, most lovable sounds of the night, especially during her pleas to Mitridate for mercy on his sons. Her voice is full and womanly, and she knows how to fill it with tender emotion. She may not be a coloratura but she could be a real find for the lyric repertory." -Parterrebox.com

"(...) No Little Theater, foi Cláudia Azevedo, que produziu o mais doce, mais amável som da noite, especialmente durante seus apelos para Mitridate por misericórdia em seus filhos. Sua voz é cheia e madura, e ela sabe como preenchê-la com a  ternura da emoção. Ela pode não ser uma coloratura, mas ela pode ser um verdadeiro achado para o repertório lírico. " -Parterrebox.com

"(...)soprano Cláudia Azevedo, also shone as Princess Ismene.  Her round, firm voice rode the fioritura with ease and was sweet and even from high tops to bottom. One can understand how she won the 2005 Bidú Sayão International Competition and the 2008 Teatro Colón International Young Voice Competition.” John Deredita  -Opera-L

"(...) soprano Cláudia Azevedo, também brilhou como a princesa Ismene. Sua voz firme e redonda realizou a fioritura com facilidade e era doce  e homogênia desde os agudos até os graves. Pode-se entender como ela venceu em 2005 o Concurso Internacional de Canto Bidú Sayão e em  2008 o Concurso Internacional Jovenes Voces Del Teatro Colon ." John Deredita, Opera-L

"(...)Also deserving of special praise is Cláudia Azevedo, who sang Ismene, the foreign princess to whom Farnace is betrothed for political reasons.  In another vocal comparison to Die Entführung aus dem Serail--and there will be more--I'd compare Ismene to Blondchen, and Ms. Azevedo has the goods!  Beautiful, free high notes, mostly even singing throughout her range, and a believable portrayal of the wronged Ismene made the lovely Ms. Azevedo a joy to watch and hear." taminophile.blogspot.com

"(...) Também digno de louvor especial é Cláudia Azevedo, que cantou Ismene, a princesa estrangeira a quem Farnace está prometida por motivos políticos. Em outra comparação vocal com O rapto do Seralho - e haverá mais - eu compararia Ismene a Blondchen,  e a  Sra. Azevedo tem tudo! Com notas agudas lindas e livres, cantando de maneira homogênia em todo registro, e fazendo um retrato convincente de uma Ismene injustiçada, a adorável Sra. Azevedo se fez  um prazer de ver e ouvir. "   taminophile.blogspot.com

"Cláudia Azevedo was an elegant and touching Ismene, with whose shaping of vocal line I was impressed". operaobsession.blogspot.com

"Cláudia Azevedo foi uma Ismene elegante e comovente, com cuja concepção da linha vocal fiquei impressionado". operaobsession.blogspot.com

"The  sweetly sensitive soprano Cláudia Azevedo  had a lyrical way with the musical line and a sympathetic presence as Ismene, a Parthian princess."
-The New York Times

"A doce e sensível soprano Cláudia Azevedo tinha uma forma lírica com a linha musical e uma presença comovente como Ismene, uma  princesa Persa." -The New York Times


Il Viaggio a Reims (Rossini) - Pesaro, Italy

“Este año vuelve al escenario la ya conocida producción de Emilio Sagi (...). La sencilla pero inspirada producción, que ya pudimos ver en el Teatro Real de Madrid, resulta muy bién adequada. Los catorce cantantes, de muy diversas procedências, funcionaron con sorprendente homogeneidad y eficácia. Sobresalieran especialmente las sopranos Cláudia Azevedo, Olga Peretyatko, y la mezzo Kleopatra Papatheologou, como Corinna, la condessa de Follenville,  y la marquesa Melibea, respectivamente. Um êxito de uma juventud que, cada dia más precisa el gênero lírico.”        
(Il Viaggio a Reims- Rossini Opera Festival)GONZALO ALONSO, Jornal LA RAZÓN, España– 12 , agosto 2006.


“(...) lo que han demostrado es que poseen uma material de importância como para hacerse acreedores de la confianza que la Accademia Rossiniana há puesto em ellos y que no han defraudado. Inevitabelmente hay que destacar la soprano brasileña Cláudia Azevedo, de timbre radiante."
(Il Viaggio a Reims- Rossini Opera Festival) Francisco Garcia-Rosado- Revista Opera Actual- España, outubro 2006.
Der Schauspieldirektor (Mozart) - Porto Alegre, Brazil

“(...) foram atração especial os quatro solistas que tiveram de se esmerar em serem não apenas cantores mas também atores com grandes e múltiplas falas e com jogos de cena que buscando ser hilariantes bem o conseguiram. É o caso do soprano Cláudia Azevedo. Aparecendo no camarote central, depois cruzando por meio das poltronas, caindo no colo dos espectadores e, atingindo enfim o palco, Cláudia Azevedo ganhou desde logo as simpatias do público. Obtendo enorme sucesso, a par da belíssima tonalidade de voz, entoa com absoluta afinação, evidencia boa extensão de voz, além de ser dotada de extrema comunicabilidade”.

"(...) Were the special attraction four soloists who had to excel in being not only singers but also actors with large and multiple lines and with games trying to be hilarious scene that managed well. This is the case of the soprano Claudia Azevedo. Appearing in central box seat after crossing through the seats, falling in the lap of the audience and, finally reaching the stage, Claudia Azevedo immediately won the cheers of the public. Getting huge success, along with the gorgeous tone of voice, sings with absolute pitch, shows good range of voice, besides being endowed with extreme communicability ".
Der Schauspieldirektor -Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio. Porto Alegre, 26 de agosto de 2005.


Bidú Sayão International Voice Competition

Cláudia Azevedo, conquistou o terceiro lugar. Ela foi uma das cantoras mais ovacionadas pelo público, sendo a única participante desta edição do concurso a ser aplaudida de pé pela platéia durante a eliminatória, a semifinal e a final”.

"Cláudia Azevedo, the third place winner, was one of the singers most applaused by the audience, being the only participant in this year's contest to receive a standing ovation by the audience during the first round, semifinal and final rounds. "
Concurso Internacional Bidu Sayão
Agência Brasileira de Notícias (17.05.2005)

Cláudia Azevedo conquistou o público presente no Teatro da Paz desde o início de sua prova. (....) Uma bela voz que mereceu sair do concurso com algum prêmio”.

"Cláudia Azevedo won over the audience at the Tearo da Paz from the beginning of the competition. (....) A beautiful voice that deserved to leave the contest with a prize."
Concurso Internacional Bidú Sayão
João Luiz Sampaio -O Estado de São Paulo

Carmen - Curitiba, Brazil

“Sua grande ária no terceiro ato foi o momento de maior refinamento técnico e estilístico que se ouviu na noite de estréia, revelando controle de respiração e emissão elegante”.
Carlos Eduardo Pianovsky- movimento.com (14.08.2009)

“Suas participações primam pelo lirismo e bela beleza do timbre, vence com facilidade os muitos e difíceis agudos”.
Ali Hassan Ayache - movimento.com

"(...)  A delicate Micaela and an excellent role for Cláudia Azevedo”.
“(...) uma Micaela delicada e bem no papel, Cláudia Azevedo”.
Marcos Goés- movimento.com

Textos extraídos do site Cláudia Azevedo, soprano.

Foto  de Kathleen Lincen

Nenhum comentário:

Postar um comentário