Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 3 de abril de 2014

3866 - Praça Independência















b










A praça Rui Barbosa foi criada no ano de 1935, com o nome de praça Independência. Foi obra do prefeito Carlos Gustavo Jahn, atendendo a um proposta que lhe foi apresentada na forma de um a pedido assinado por 189 cidadãos montenegrinos.
Nessa época, a rua Ramiro Barcelos já se consagrava como principal rua da cidade e os autores do pedido alegaram que Montenegro carecia de uma praça em localização central.
Alegaram eles que 

"a cidade de Montenegro ... dentro dos limites urbanos, abrangendo uma área de mais de dois quilômetros quadrados, possui apenas duas praças;
Considerando que essas duas praças estão longe de satisfazer as necessidades da população, visto que uma se acha localizada no cais do porto, isto é, a um quilômetro do centro da cidade, e a outra, embora situada num sítio aprazível, ser pouco procurada pela população por estar deslocada do centro, ou melhor, do coração da cidade."

O apedido indicava uma área central, junto à rua Ramiro Barcelos que poderia ser adquirida a baixo custo. Era uma área de dois quarteirões "compreendida entre a ... rua São João até o Club Riograndense, prolongando-se da rua Dr. Ramiro Barcellos até a rua Capitão Porfírio, que é composta quase toda de terrenos devolutos e que poderão ser adquiridos por pouco preço."
O pedido ao prefeito era de um praça bem maior do que a atual Rui Barbosa, pois esta se estende da rua Ramiro Barcelos até a Capitão Cruz. Se a praça fosse feita com a dimensão originalmente proposta, incluiria os terrenos do atual Clube do Comércio e do novo Hotel Ibis.

A mudança de nome ocorreu em 1949, por decisão da Câmara de Vereadores.
As três primeiras fotos mostram a praça nos seus primeiros anos, ainda sem árvores crescidas. 
A última é mais recente. Com árvores crescidas e os passeios pavimentados. Provavelmente na década de 1950.
As duas outras praças referidas no a pedido são a praça  da Matriz, que foi extinta com a construção da catedral, e a outra, junto ao cais, foi utilizada para a construção da Usina Elétrica Maurício Cardoso (atual Câmara de Vereadores), o packinghouse (atual Ecocitrus) e a Escola Estadual de Primeiro Grau Aurélio Porto.

Fotos extraídas da página de Facebook Montenegro de Ontem


Nenhum comentário:

Postar um comentário