Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 9 de maio de 2014

3988 - Em 1957 o prefeito Hélio Alves de Oliveira buscava solução para as enchentes

  • Matéria publicada pelo jornal O Progresso em 1957
  • Este estudo técnico não deu em nada. 
  • Depois, em meados dos anos 60, técnicos alemães - engenheiros - vieram a Montenegro e fizeram um novo estudo. Concluíram que canal extravasor seria inviável; a contenção somente ocorreria com a construção de diques (barreiras). 
  • Um dos engenheiros casou com a Vânia Brochier, cujo pai tinha um armazém na esquina da Santos Dumont com a Capitão Cruz. Ela continua morando na Alemanha. É mãe e já deve ser avó. 
  • Durante todo este tempo ainda nada se realizou... 
  • Somente mais um ou dois estudos, cujas conclusões acabem em nada. ARosangela Hartmann tem toda a razão; acabaram com a várzeas; terminaram com os banhados (contenção natural das águas) e levantaram aterros, impossibilitando que a água se espraiasse.
  • Foto e comentário de Ernesto Egon Lauer

Nenhum comentário:

Postar um comentário