Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 15 de maio de 2014

4017 - Cíntia Schaeffer: campeã juvenil, adulta e veterana

Aos 16 anos, a montenegrina Cíntia Schaeffer já brilhava 
na seleção brasileira juvenil

Aos 23 anos, Cíntia conquistava títulos com a Seleção Brasileira adulta

Na Seleção Brasileira adulta

Hoje, aos 52anos, ela continua sendo chamada para representar o Brasil 
em competições internacionais de veteranas


A montenegrina Cíntia Schaeffer é, certamente, a atleta nascida no Vale do Caí com maior coleção de títulos nacionais e internacionais. Assim como seu pai, Egon Schaeffer (criador do Trio Montecarlo, que gravou 12 LPS que venderam mais de um milhão de cópias), Cíntia é motivo de orgulho para Montenegro e para o Vale do Caí.
Ela aprendeu a jogar vôlei no Colégio São José, em Montenegro e, aos 16 anos, já integrava a seleção brasileira 
A primeira vez que ela foi convocada para uma seleção, foi logo para a Seleção Brasileira Infanto-juvenil. 
Eram 40 meninas e somente doze foram para o Campeonato Infanto Sulamericano, realizado em Buenos Aires. Sua trajetória já começou vitoriosa, pois ganhou o titulo de campeã do continente.
Depois disso, em 1978, Cíntia jogou pelo Clube Riograndense, de  Montenegro, e
pela Seleção Gaúcha Juvenil, sagrando-se campeã brasileira.
Em 1979, jogou pelo Clube Riograndense e pela Seleção Brasileira Adulta além de disputar jogos amistoso com o Japão.



Na última quinta-feira, 15 de maio de 2016, Cíntia viajou para os Estados
Unidos como integrante da Seleção Brasileira Master (o grupo no aeroporto
de Guarulhos - Cíntia é a segunda da direita para a esquerda)
Jogou,também, pela Seleção Brasileira Juvenil e pela Seleção Gaúcha Adulta, sagrando-se vice-campeã brasileira.
Em 1982, jogou pela Seleção Gaúcha Universitária e foi campeã brasileira.
Neste ano, trocou de clube, passando a jogar pela Sociedade Ginástica, de Novo Hamburgo, onde nos tornamos Campeãs gaúchas de clubes, categoria Adulta. 

Em 1983 trocou de clube, passando a jogar no Internacional., de Porto Alegre.  Conquistou os títulos de Campeã gaúcha, campeã do JIRGS e da Copa Metropolitana.
Em 1984, a SOGIPA-SIBISA comprou o seu passe e, com essa equipe colecionou títulos: foii hepta Campeã Gaúcha adulta e campeã das taça Porto Alegre, Metropolitana, JIRGS, Copa RS e Municipal. Por doze anos fomos campeãs e vice destes campeonatos citados.
Depois de passar para a categoria veterana, os títulos  continuaram a fluir:
Em 2002, foi vice-campeã  brasileira na categoria 40 anos.
Em 2003 foi campeã brasileira, voltando a  conquistar esse título em 2004 e 20o5.
Em 2006 foi novamente campeã, jogando pela AABB de Brasilia e também foi campeã brasileira da categoria  30 anos jogando pela SOGIPA.
Em 2009 foi campeã jogando pelo Flamengo, do Rio, na categoria 45 anos.
Em 2010, foi vice campeã na categoria 45, pela  SOGIPA.

Em 2011 voltou a jogar  pela Seleção Gaúcha Universitária e conquistou o título brasileiro mais uma vez.


Seleção brasileira master, no aeroporto de Guarulhos - Cíntia é a terceira da

esquerda para a direita

Em 2012, foi vice campeã jogando pela  SOGIPA
Em 2013 foi campeã brasileira na categoria 50 anos, com o time  da SOGIPA.
Por sete anos consecutivos, Cíntia ganhou troféu de melhor atacante nestes campeonatos.
Atualmente, a grande atleta montenegrina estará disputando o USA OPEN de voleibol em Phoenix, nos dias 22 a 29 de maio, jogando pela equipe de 50 anos MIX BRASIL e pela equipe do Coríntians FC São Paulo, na categoria 45 anos.
E isso sem contar os títulos que ela conquistou no vôlei de praia.
Com tantas conquistas Cintia Schaeffer foi, e continua sendo, uma das maiores atletas do vôlei brasileiro.


Levantamento (de dados)  feito por Cíntia Schaeffer

Nenhum comentário:

Postar um comentário