Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 13 de junho de 2014

4135 - Blavel vendendo caminhões há 50 anos

A Blavel é concessionária da Mercedes-Benz desde 1964


Até alguns anos atrás, a Blavel figurava sempre na lista anual das maiores empresas caienses. Depois da Azaléia e da Oderich, ela brigava por uma das posições seguintes.
Blavel é uma abreviação de Blauth Veículos Limitada e foi uma das empresas criadas por Helmuth Blauth, o maior empresário caiense dos meados do século XX.
Seu Jaime foi o fundador da Empresa Caiense de Ônibus e proprietário do Cine Aloma (no prédio atualmente ocupado pela loja Três Passos), entre outros negócios.
A Blavel iniciou suas atividades no prédio em que hoje está instalada a loja Lebes, na esquina da avenida Egydio Michaelsen com a Tiradentes. 
Ela começou a operar em 1962, como oficina e venda de peças da Mercedes Benz. Dois anos depois passou a ser também concessionária da Mercedes Benz para o Vale do Caí. Em 1971, o crescimento da empresa exigiu a construção de um prédio maior, no bairro Quilombo, junto à RS-122.
Em 1980, a Blavel, seus proprietários e diretores fundaram a Ritmo Veículos, com sede em Novo Hamburgo, que é hoje uma das maiores revendas Fiat do estado. 
Com o falecimento de seu Helmuth e, depois, do seu filho Jaime, que o sucedeu no comando da Blavel e as maiores atenções do grupo voltadas para a Ritmo, a Blavel acabou sendo vendida para o grupo Sulbra. Nos últimos anos, a Blavel foi enfraquecendo e, agora, já se anuncia o seu fechamento. Vários funcionários já foram demitidos e os que continuam trabalhando na empresa estão avisados de que a continuação da atividade no Caí deverá ser encerrada brevemente.

Matéria publicada pelo jornal Fato Novo na sua edição de 14 de junho de 2014
Foto extraída do Googel Maps

Nenhum comentário:

Postar um comentário