Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 21 de junho de 2014

4154 - Capela comemora os 200 anos da paróquia

O pároco Ângelo José Bach e o bispo Dom Paulo De Conto participaram da cavalgada
que lembrou as visitas do padre de Triunfo à capela de Santa Ana 
O último domingo, 15 de junho, ficará na história da Paróquia Santa Ana, de Capela de Santana. Foi o dia de celebração pelos 200 anos de fundação da Paróquia.

As atividades iniciaram pela manhã com uma cavalgada que saiu do bairro Virador (entrada da cidade) até a igreja Matriz. A cavalgada acontece todos os anos na Festa do Divino, mas neste ano uniram-se as duas festas. E foi lembrado também o tempo em que os padres vinham de Triunfo, a cavalo, para atender e celebrar as missas na Capela. O próprio pároco Ângelo José Bach e o bispo Dom Paulo De Conto, da Diocese de Montenegro, participaram da cavalgada, numa charrete. Num determinado ponto, no lugar chamado Santa Cruz, os cavaleiros se encontraram com os zeladores das capelinhas de Nossa Senhora. 

Um dos momentos mais emocionantes foi da reabertura da igreja, que estava fechada há dois meses para obras de reforma, incluindo novo telhado, com investimento de cerca de R$ 240 mil. Neste período as missas e celebrações ocorreram no ginásio paroquial. O seminarista capelense Jonas Gomes, que deverá ser o primeiro padre nascido na Capela, fez um relato da história da Paróquia e ao som do sino as portas foram reabertas pelo Bispo, pároco Ângelo Bach, padre José Inácio Sant’anna Messa (pároco de 1996 a 2006 e atualmente em Camaquã), padres Marcos Miguel Valaski e José Bach, e o prefeito Nestor Bernardes.

Outro momento emocionante foi quando o Bispo entregou nas mãos do pároco o quadro com a Benção Apostólica do Papa Francisco, que veio direto do Vaticano. Em seguida foi descerrada a placa com o nome de todos os padres que atuaram em Capela de Santana. E no ginásio aconteceu um almoço festivo para aproximadamente 800 pessoas, seguido de festividades animadas pela banda Integração e realização de tarefas da Gincana comemorativa aos 200 anos. A vencedora da gincana foi a Equitendéu, seguida pelas equipes Inquilinos, Strike e Ekeep Calm.

A comunidade aproveitou para pedir a permanência do padre Ângelo, pelo menos até o término das obras da igreja e do salão paroquial. Já o prefeito apresentou o projeto de construção do Santuário de Santa Ana e destacou a revitalização da Praça da Matriz.

Matéria de Guilherme Baptista publicada pelo jornal Fato Novo em 21 de junho de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário