Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

4701 - Senador Napoleão Alencastro Guimarães: o amigo de Getúlio

O caiense Napoleão Alencastro Guimarães, senador e amigo de Getúlio Vargas, foi nomeado ministro do trabalho para tranquilizar os trabalhadores depois da morte do presidente: com Napoleão no
ministério, a legislação trabalhista criada por Getúlio seria mantida






























O caiense Napoleão Alencastro Guimarães foi um grande apoiador e amigo de Getúlio
Vargas. Exerceu vários cargos de destaque nos governos de Gatúlio, tanto no período 
da ditadura como no seu governo democrático.
Quando Vargas suicidou-se, o vice-presidente Café Filho o substituiu no governo.
Getúlio era populista e instituiu  leis que melhoraram muito as condições de vida dos
trabalhadores assalariados.
Quando ele morreu, houve grande revolta popular. Os trabalhadores ficaram com o 
temor de que os direitos que haviam adquirido no governo Vargas seriam extintos.
Para tranquilizar o povo, o presidente Café Filho convidou Napoleão Guimarães para
ocupar o cargo de Ministro do Trabalho. Isso porque a Napoleão, que leu a Carta 
Testamento de Vargas na tribuna do Senado, no mesmo dia da sua morte, era visto 
pelo povo como o mais fiel escudeiro do presidente morto. Alguém que jamais trairia 
os compromissos do presidente Getúlio Vargas.

Fotos extraídas da obra História da República Brasileira, de Hélio Alves



Nenhum comentário:

Postar um comentário