Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 7 de setembro de 2014

4757 - Casa mista: enxaimel e madeira

As casas do tipo enxaimel e as de madeira foram as mais 
utilizadas pelos antigos colonos e algumas eram mistas, 
como a dessa foto


Essa é uma casa interiorana. Provavelmente, da primeira metade do século XX. 
Note-se, ao fundo, como as encostas dos morros eram desmatadas. Muito mais do que atualmente. Mesmo os terrenos íngremes eram aproveitados para a produção agrícola ou como pastagem para os animais.
A casa é mista. Uma parte, possivelmente mais antiga que o restante, é uma construção do tipo enxaimel.
Segundo a Wikipedia, "enxaimel quer dizer enchimento. Primeiro, era construído o esqueleto da casa, todo de toras grossas de madeira. Entre as vigas verticais eram colocadas as horizontais e, nas extremidades das paredes, algumas em ângulo, para evitar inclinação. Pronta a "caixa", os espaços eram completados com materiais disponíveis de acordo com a região: no Rio Grande do Sul, há fechamentos com taipa, barro socado, tijolos maciços rebocados e até mesmo pedra grês cortadas." 
A varanda é de madeira e, possívelmente, foi construída numa segunda fase, ampliando a casa. No início da colonização alemã no Vale do Caí foram feitas casas dos dois tipos: ou de madeira, material muito abundante e barato na época; ou de enxaimel. 
Hoje, passado mais de um século da sua construção, as casas de enxaimel ainda estão em boas condições e são encontradas, em grande quantidade, nas localidades do interior. As de madeira não apresentaram a mesma resistência.

Foto do acervo de Mário Glaeser

Nenhum comentário:

Postar um comentário