Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

4777 - Escola de São Vendelino é destaque no Ideb

Bom Princípio superou Tupandi e é campão regional na qualidade do ensino

Um colégio de São Vendelino, a Escola Estadual Leonardo Fritzen, foi destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2013. A escola obteve a 9ª colocação entre as da rede estadual, sendo a melhor classificada na região.
O colégio conta com cerca de 250 estudantes nos ensinos fundamental e médio. Conforme a direção, a boa colocação é resultado dos investimentos na qualificação dos professores e projetos como de leitura, interpretação de textos e tecnologia, incluindo pesquisas pela internet.


Secretaria da educação de Salvador questiona a pesquisa
Ouvida pelo jornal Fato Novo, a Secretaria Municipal da Educação de Salvador do Sul declarou que a Prova Brasil para os alunos de 5º ano da rede municipal foi somente aplicada na Escola Municipal Santo Inácio de Loyola, uma vez que essa era a única que atendia o requisito básico de ter 20 alunos na turma matriculados no início do ano letivo. Nas realizações anteriores, o desempenho dos estudantes salvadorenses vinha sendo muito superior ao mínimo recomendado pelo Ministério da Educação.
A Secretaria da Educação vem mantendo contatos frequentes com o Ministério da Educação e com a Secretaria Estadual da Educação para esclarecimento de eventuais falhas no processo de avaliação e consequente revisão do conceito emitido ao Município.

A secretaria municipal de educação tem convicção no trabalho que vem sendo desenvolvido. Inclusive, no ano de 2013, a secretaria passou a disponibilizar atendimento em turno integral para alunos de pré a 5º ano das escolas da rede municipal de ensino. Após as aulas regulares, os alunos participam de atividades recreativas e pedagógicas, proporcionando um impacto muito positivo no aprendizado e trazendo mais tranquilidade para os pais. Jornadas pedagógicas são realizadas, anualmente, para a qualificação do trabalho realizado pelos educadores em sala de aula.

Matéria publicada pelo jornal Fato Novo na sua edição 
de 10 de setembro de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário