Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 12 de outubro de 2014

4894 - Fepan encaminha projeto contra cheias no rio Caí

A Quarta Audiência foi realizada no Teatro Roberto Atahyde Cardona
A Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional  entrega, até o mês que vem, os projetos para minimizar as cheias no trecho do Vale do Caí. As alternativas para minimizar as inundações na região foram discutidas  na quarta e última audiência pública realizada nesta quinta-feira (9/10) com a comunidade de Pareci Novo, São Sebastião do Caí, Harmonia e Montenegro.

Apesar  de Capela de Santana, município vizinho de Montenegro,  ser contrário ao plano de cheias apresentado pelos técnicos  o resultado do encontro foi positivo para o superintendente da Metroplan, Oscar Escher.  A Fundação vai readequar  e propor um novo estudo voltado ao impacto na agricultura arrozeira  para Capela de Santana.  Já Montenegro é favorável  a alternativa  da construção de um dique fora da cidade e o sistema de corta-rio. O  custo das alternativas estruturais para a região gira em torno de R$130 milhões, incluindo  zoneamento e o sistema de alertas para minimizar  os efeitos das cheias na população.

 Além de solicitar à Fepam, a licença prévia ambiental, a Metroplan vai continuar assessorando os municípios para que a comunidade chegue a um consenso, como o município de Montenegro. O governo do Estado  investiu R$ 1,4 milhão nos estudos. Durante um ano, foram avaliados a quantificação das cheias, viabilidade técnica, econômica e ambiental. " Com os dados os prefeitos poderão fazer seus planos de drenagem, planos diretores, além do plano contra  de cheias", destaca Oscar Escher. O estudo apresentado abrange 88 quilômetros do Rio Caí e contempla a topografia, inclusive  com medições de profundidade.O vice-prefeito de São Sebastião do Caí, Luiz Alberto Oliveira, salientou na audiência pública que  “em 139 anos de emancipação, nunca se fez um estudo tão aprofundado do local".

Texto e foto Evelyn Hartmann/Metroplan

Nenhum comentário:

Postar um comentário