Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 30 de novembro de 2014

4987 - Capela de São Benedito

Igreja da localidade de São Benedito, no interior de Harmonia


A localidade de São Benedito situa-se no interior do município de Harmonia, na divisa com o município de Tupandi. No passado, essa localidade pertencia à enorme fazenda de José Ignácio Teixeira, rico comerciante português estabelecido em Porto Alegre.
No início do século XIX, a fazenda estendia-se pelas duas margens do rio. Na margem direita, ela abrangia a localidade hoje denominada Pareci Velho, na divisa dos municípios de São Sebastião do Caí e Capela de Santana. Na margem esquerda, era muito mais extensa, indo do Pareci Novo até Tupandi.
São Benedito foi uma área importante dentro da fazenda porque ali o fazendeiro desenvolvia a exploração da madeira, que era levada para Porto Alegre, flutuando nas águas do rio. Prática muito comum na época, pois ainda não existiam estradas e, muito menos, caminhões.
As madeiras eram extraídas de árvores nativas. Especialmente das araucárias. As melhores eram as que provinham de árvores grandes e antigas, multicentenárias. Como o trabalho de extração e transporte era todo feito manualmente, José Ignácio empregava muitos escravos negros. Por isso, o local era conhecido como São Benedito. Nome que perdura até hoje e que se refere a São Benedito, o padroeiro dos negros.
No local existe ainda uma pequena igreja, de aspecto simples.
Depois que a madeira de valor foi totalmente abatida naquele local, os escravos foram vendidos ou removidos para outro local e (na segunda metade do século XIX) as terras foram vendidas para colonos alemães, vindos de colônias mais antigas (como São José do Hortêncio) ou diretamente da Alemanha. Hoje a população local e constituída predominantemente por descendentes de alemães.
A igreja, pelo seu aspecto humilde, chega a sugerir que possa ter sido construída na época em que os negros escravos eram a maior parte dos moradores locais.  O que, no entanto, não deve ser o caso. Os colonos alemães, assim que se instalavam num local tratavam de construir uma pequena capela que, geralmente, servia também como escola. A igreja da localidade de São Benedita, certamente, teve essa mesma origem.

SÃO BENEDITO
Nasecido em 1526, na aldeia de São Fratelo, na ilha de Sicília, Itália, Benedito era filho de escravos trazidos da África. Seus pais  foram alforriados e Benedito cresceu como homem livre. Ele era pastor de rebanhos até que, aos 21 anos, ingressou num convento de franciscanos, como irmão leigo, tornando-se um religioso exemplar. Humildemente, servia como cozinheiro. Pelos seus méritos, principalmente de caráter, foi nomeado como mestre dos noviços e ele evoluiu até tornar-se superior do convento.
Ganhou fama de milagreiro devido aos muitos milagres que aconteciam em decorrência a seus pedidos  feitos em orações. Morreu em 1589 e foi canonizado em 1807. É santo padroeiro dos negros e dos cozinheiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário