Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

5083 - O professor Junges e seus alunos, em Tupandi

Pedro Junges lecionava na escola comunitária e a língua falada
na escola era o alemão


O professor Pedro Junges lecionava em Tupandi, na escola local. Em 1911 foi feita essa foto, em que ele lecionava para as crianças da comunidade.
A maior parte das escolas, naquela época, eram paroquiais, mantidas pela comunidade local, geralmente ligadas à igreja. No caso de Tupandi, a Igreja Católica. Noutras comunidades como, por exemplo, Tupandi, a população era luterana e era a comunidade dessa igreja assumia o compromisso de manter a escola.
O governo  estadual ajudava subsídio financeiro.
Inicialmente, as escolas comunitárias ensinavam em alemão, única língua falada pela população local, em lugares isolados como  Linha Nova e Tupandi. Nas melhores escolas, o português era ensinado, como se fosse uma segunda língua, uma língua estrangeira.
Mas isso passou a ser um problema devido ao fato de que o Brasil e a Alemanha ficaram em lados opostos nas duas  guerras munidais (1914 a 1918 e 1930 a 1945). Durante as guerras, Brasil e Alemanha se tornaram nações inimigas. Durante a segunda guerra, falar o alemão foi proibido. Um problema sério pois, no interior, muita gente só sabia falar o alemão.
Na década de 1940, o uso do alemão nas  escolas passou a ser proibido.

Foto do acervo de Felipe Kuhn Braun

Nenhum comentário:

Postar um comentário