Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

5084 - A primeira colônia fundada por iniciativa particular

Pedro Winter, um dos filhos de Guilherme Winter, com sua família

Guilherme Winter, o loteador de Bom Princípio, foi um dos pioneiros dessa atividade, que veio a se tornar importante a partir daí, facilitando a atração de imigrantes alemães para o Vale do Caí.
O primeiro loteador foi Tristão  Monteiro, principal responsável pelo surgimento dessa atividade, quando loteu uma enorme fazenda no Vale  do Rio Dos Sinos.
"Em 1845Tristão José Monteiro e seu sócio Jorge Eggers adquiriram a sesmaria, então denominada Fazenda Mundo Novo, pertencente a Libânia Inocência Correa de Leães, viúva de Antônio Borges de Almeida Leães. Esta fazenda compreendia os atuais territórios de Igrejinha, Taquara e Três Coroas. Em 4 de setembro de 1846, Jorge Eggers vendeu sua parte para Tristão Monteiro. Este criou a Colônia de Santa Maria do Mundo Novo. 
A partir de 1846, muitos colonos alemães, vindos de São Leopoldo e diretamente daAlemanha, fixaram-se nessa Colônia e, aos poucos se espalharam pelas margens do rio Santa Maria (hoje Rio Paranhana), rumo ao norte. Grandes partes de terra dessa Colônia foram vendidas a baixo preço aos novos colonizadores, os quais encontraram muitas dificuldades quanto ao cultivo do solo. Eram comuns os conflitos com bugres. A região era montanhosa e não havia estradas, sendo o rio o único meio de escoamento dos produtos colhidos na região, os quais eram transportados em pequenos barcos até Sapiranga, onde eram distribuídos."

Trecho entre aspas extraído da Wikipédia e foto do acervo de Felipe Kuhn Braun

Nenhum comentário:

Postar um comentário