Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

5189 - Morre o professor Luis Roque Klering


Nascido em Bom Princípio, Luis foi um cintista econômico dedicado ao estudo do desenvolvimento a nível municipal

Foi sepultado, na última sexta-feira (8 de janeiro de 2016), em Bom Princípio, o professor Luis Roque Klering. 

O professor, de 60 anos, nasceu na cidade de Bom Princípio, no ano de 1954, quando a localidade ainda pertencia ao município de São Sebastião do Caí. Seu pai, Ivo Klering, era proprietário de um armazém situado no centro da vila. A mãe chamava-se Alferia Ana e o casal teve oito filhos: João Bruno Klering, Marlene Klering Reis, Paulo Afonso Klering, Luis Roque, Léo Inacio Klering, Celso Klering, Analiese Klering e Rui Inácio Klering.

Depois de um ano de estudos no Seminário que existia, então, em Bom Princípio, Luis seguiu seus estudos no Seminário de Gravataí por mais cinco anos.

Para manter-se em Porto Alegre enquanto continuava os seus estudos, ele trabalhou na Empresa Jornalística Caldas Junior, como revisor.

Com isso ele pode ingressar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde formou-se em química. Não satisfeito com um diploma, ele fez, também, a faculdade de Administração, também na UFRGS. Ele formou-se mestre e doutor em administração na UFRGS e tornou-se professor desta mesma universidade. Ele dedicou-se ao desenvolvimento das técnicas do ensino a distância, sendo um dos pioneiros nessa área no Rio Grande do Sul.

Luis Roque trabalhou na Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (PROCERGS), destacando-se pelo domínio da computação quando essa ciência era ainda pouco conhecida no Brasil.

Luis Roque deixou enlutada a esposa, Cleonice Carvalho. O casal não tinha filhos e Luis Roque tinha muito afeto pelos seus sobrinhos, aos quais procurava orientar a ajudar, como se fossem seus filhos.

A sua morte foi causada por um câncer no sangue que ataca a medula óssea, chamado de mieloma múltiplo. Doença que foi identificada nele no ano de 2009. A doença causa muitas dores e é tratada com quimioterapia. Mesmo assim ele continuou ativo.


Cientista Econômico
Desde o início da década de 1980, o professor Luis Roque Klering se dedicava a estudos científicos na área do desenvolvimento econômico dos municípios.

Juntamente com seus alunos ele levantou dados e analisou o caso de cada um dos 497 municípios gaúchos e constatou que os pequenos municípios são melhor administrados que os grandes e se desenvolvem mais. Considerava que, cada vez mais, haverá um fluxo inverso de migração, com moradores das grandes cidades mudando-se para cidades interioranas.

O Fato Novo divulga os estudos do professor Klering há mais de quinze anos e foi graças a eles que se conseguiu medir e compreender a grandeza do fenômeno de desenvolvimento ocorrido em Tupandi. 

A partir da constatação do milagre econômico ocorrido em Tupandi se chegou à descoberta da razão desse sucesso espetacular: o forte incentivo do governo municipal à implantação de aviários e pocilgas.

Com isso, vários municípios da região seguiram o exemplo de Tupandi, e tiveram índices muito elevados de progresso econômico e social. Tupandi já atingiu nível de primeiro mundo há vários anos e outros municípios (Maratá e São Vendelino) já chegaram lá e Harmonia caminha rapidamente para isso.

Matéria publicada pelo jornal Fato Novo em 13 de janeiro de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário