Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

5250 - Os imigrantes Ely em São Sebastião do Caí



João Pedro Gaspar Ely nasceu em 13 de janeiro de 1810 em Manbächel, Birkenfeld, na Renânia Palatinado.e imigrou para o Brasil quando era ainda solteiro. Viveu na região de São Sebastião do Caí e alcançou a avançada idade de 103 anos. Ele tinha o cabelo crespo e preto. Por isso era conhecido por toda a região do Vale do Caí como Pedro Preto.
Casou-se com Cristina Regler e o casal teve nove filhos, com elevado número de descendentes. O que fez o historiador e genealogista Carlos Henrique Hunsche donsiderar que "esse casal forma o tronco mais poderoso dos Ely, sendo São Sebastião do Caí o lugar de onde os descendentes os descendentes se espalharam por todo o Estado e para fora dele.
Sendo que a primeira a nascer foi Catarina Ely, nascida em 12 de abril de 1831. 
Ela casou com Johan Klein e viveu com ele na localidade de Vigia, hoje situada no interior do município de São Sebastião do Caí. Catarina casou-se em 18 de agosto de 1949 e lá tanto ela como o marido foram enterrrados no cemitério local.
“O Edifício Ely, atual Tumelero, é um prédio histórico, localizado na cidade de Porto Alegre na rua Conceição nº 283, próximo à rodoviária, foi projetado e construído entre 1922 e 1923pelo arquiteto alemão-brasileiro Theodor Wiederspahn, para ser uma loja do comerciante Nicolau Ely. Este monumento de arquitetura é considerado patrimônio cultural e um ponto turístico da cidade.

    Construído em alvenaria em estilo neo-renascentista alemão, possui 8 mil m², distribuídos em 4 andares, e 3.220 m² de fachada, decorada com abundância de janelas altas e estreitas com delicadas esquadrias, balaustradas, cúpulas, ornamentos, estatuária e grades em ferro forjado, destacando-se um belo frontão com volutas, sendo internamente simples e despojado.”

Catarina, a irmã mais velha, teve oito irmãos, sendo que o caçula da família foi Nicolau Ely, o primeiro da família a dirigir-se para Porto Alegre, onde teve sucesso nos negócios. Tanto que construiu o notável edifício Ely, ainda hoje um prédio de grande destaque na capital do estado. Atulmente transformado em loja Tumelero, com frente para a estação rodoviária. 

“O Edifício Ely, atual Tumelero, é um prédio histórico, localizado na cidade de Porto Alegre na rua Conceição nº 283, próximo à rodoviária, foi projetado e construído entre 1922 e 1923 pelo arquiteto alemão-brasileiro Theodor Wiederspahn, para ser uma loja do comerciante Nicolau Ely. Este monumento de arquitetura é considerado patrimônio cultural e um ponto turístico da cidade.
    Construído em alvenaria em estilo neo-renascentista alemão, possui 8 mil m², distribuídos em 4 andares, e 3.220 m² de fachada, decorada com abundância de janelas altas e estreitas com delicadas esquadrias, balaustradas, cúpulas, ornamentos, estatuária e grades em ferro forjado, destacando-se um belo frontão com volutas, sendo internamente simples e despojado.”

Os dois parágrafos finais são de autoria de os anteriores são baseados a obra de Carlos Henrique Hunsche

Nenhum comentário:

Postar um comentário