Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 20 de janeiro de 2018

5258 - Inauguração do asfalto na Vigia


A comunidade  trabalha para receber os visitantes na festa da sua igreja























Neste domingo, como sempre acontece nessa época, será realizada a festa anual da comunidade católica de Vigia. Esse é sempre um dia de festa e alegria para o povo da localidade.

Na igreja e no pavilhão de festas da comunidade, o agito vai ser grande, com missa às dez horas da manhã, seguida do almoço que começa a ser servido às onze e meia.

A partir das duas horas da tarde, a festa será animada pelo Musical Encanto. Mais tarde, a partir das seis horas, sobe ao palco a Banda do Choppão, que toca até as dez da noite.

Os cartões para o almoço podem ser adquiridos na hora. Através da venda dos cartões e também de números de rifa (R$ 5,00, tendo uma moto como prêmio) a comunidade arrecadará dinheiro para continuar a reforma da Capela Sagrado Coração de Jesus, que tem 90 anos e passa por uma grande reparação.

Foi trocada a estrutura do telhado, que era de madeira e estava fragilizada pelo ataque dos cupins. Com mais a troca do forro e as pinturas externa e interna, a obra custou R$ 58 mil. Também o pavilhão de festas foi ampliado e reformado.

Essas melhorias são realizadas pela comunidade católica local, que é presidida pelo vereador Roque Schroeder.


AsfaltoA festa comunitária, não será o único motivo de alegria para a comunidade de Vigia.

No mesmo local da festa, às onze horas da manhã, será realizada a solenidade de inauguração do asfaltamento do trecho de dois quilômetros da estrada que passa pelo centro da vila.

O prefeito Darci Lauermann e outras autoridades do município deverão estar presentes na cerimônia.

A estrada ficou bem feita e causou admiração geral na rapidez da realização da obra, pois o trabalho durou pouco mais do que um mês.


Progresso poeirentoMorar junto à uma estrada movimentada tem as suas vantagens como, por exemplo, a circulação de ônibus. Coisa que não acontece nas estradinhas de pouco movimento.

Mas quando a estrada não é asfaltada, o movimento intenso causa sérios problemas, sendo que a poeira é o principal deles. Os carros passando, pela estrada, levantam uma poeira fina que entra pelas frestas existentes nas casas, sujando e infectando o ambiente. Essa poeira também é aspirada pelos moradores, o que resulta em doenças respiratórias.

Isso aconteceu, por exemplo na estrada do Pareci Novo, até que foi feito o asfaltamento e hoje acontece na estrada entre o Caí e Hortêncio.

No bairro caiense do Chapadão Baixo e na localidade de Arroio Bonito esse problema é sério, mas tem sido amenizado graças à providência tomada pela empresa Concrehor. Como os caminhões dessa empresa utilizam a estrada intensamente, ela adquiriu um caminhão tanque que molha a estrada diariamente, amenizando o problema.

Vigia
Também os moradores vizinhos à estrada da Vigia sofriam desse mal e a sua situação piorou ultimamente devido à obra de asfaltamento que lá está sendo feita. Os caminhões da empreiteira que faz a obra passam constantemente, em velocidade elevada, levantando intensa poeira.

Nos dias secos, o problema é tão intenso que os motoristas perdem a visão da estrada e há o risco de acidentes. Os moradores, então, sofrem com isso. Mas se conformam porque a razão desse movimento é a obra de asfaltamento que está sendo feita na localidade.

A expectativa dos moradores é de que, depois da conclusão da obra (prevista para breve), outros trechos da estrada venham também a ser asfaltados trazendo benefício para eles.

Matéria publicada pelo jornal Fato Novo em 11 de março de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário