Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 29 de março de 2018

5351 - Alto Feliz, história oficial

Até o final da década de 1950, Alto Feliz fazia parte do município
de São Sebastião do Caí assim como Feliz. Em 1959 Feliz emancipou-se
e passou a pertencer ao município de Feliz


Por volta do ano de 1846, cerca de 50 famílias de imigrantes alemães iniciaram a colonização da localidade chamada Batatenberg, o Morro das Batatas, hoje uma das localidades de Alto Feliz. 

Os colonizadores enfrentaram muitas adversidades, tendo que desbravar matas, construir picadas e erguer o povoado com o olhar firme no futuro. Assim, estabeleceram-se como proprietários de terras, visto a abundância de áreas de solo fértil, aliada a condições climáticas ideais à agricultura.

Os imigrantes italianos chegaram por volta de 1875, através da velha linha colonial traçada nas matas da Encosta da Serra. Com o mesmo ímpeto, eles somaram seus esforços para promover o crescimento de Alto Feliz.

Por volta de 1900, foi construída a estrada Júlio de Castilhos, única via de acesso entre Porto Alegre e a região norte do Estado. A povoação, antes localizada no Morro das Batatas, foi se concentrando ao longo da Rodovia, assim deslocando o centro econômico-social.

Assim, após os primórdios coloniais, a história segue se construindo. Surgem pessoas que vão marcando sua trajetória e desenhando a estrutura necessária para que, em 1992, Alto Feliz se tornasse Município.

Até 1992, Alto Feliz pertencia à cidade de Feliz. Juntamente com ela, os municípios Linha Nova e Vale Real também se desmembraram do território felizense. A justificativa apresentada para a independência política nos três casos, não se difere dos argumentos de outros territórios que obtiveram êxito nesse processo: o difícil acesso a atendimentos de saúde, escolas e a conservação de estradas estava causando êxodo rural e a perda considerável de moradores interessados em plantar o desenvolvimento do local.

Em 10 de novembro de 1991, 1.592 eleitores compareceram às urnas para votar pela primeira vez por Alto Feliz: era realizada nessa data a consulta plebiscitária para emancipação. Uma maioria significativa de 1.134 votantes se declarou favorável à emancipação. E, ela de fato aconteceu no dia 20 de março de 1992.

Em outubro do mesmo ano, ocorreu a primeira eleição municipal, que deu a Paulo Mertins o título de primeiro prefeito, com Darci Baumgarten como vice. 

‘A solenidade teve início às dezenove horas e quarenta e cinco minutos, na Sociedade Recreativa e Cultural de Alto feliz, com uma cerimônia religiosa presidida pelo Reverendíssimo Sr. Pastor Ingobert Karl Niewohner, que invocou as bênçãos de Deus sobre o nosso município. [...] a festa, porém, continuou com um animado baile, como um tributo à alegria de todos os presentes’, descreve um trecho do registro histórico, datado de 1993.

Segundo o censo demográfico de 199 a localidade, contava com 2.789 moradores. Um número que que não pode ser confirmado devido ao recorte do território após a emancipação.

 Texto extraído do site da Prefeitura Municipal de Alto Feliz


Nenhum comentário:

Postar um comentário