Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 9 de maio de 2018

5385 - Cinzas do craque João Nilson Peters foram jogadas no campo do Esporte Clube Rio Branco



Nilson jogou ao lado de Airton e outros grandes craques do Grêmio 
Portoalegrens, na década de 1950
Familiares do craque gremista Nilson Peters fizeram 
homenagem ao grande futebolista do passado





Na segunda feira, dia 30 de abril, familiares e amigos do grande futebolísta Nilson Peters participaram de uma comovente cerimônia realizada no centro do campo de futebol no bairro caiense do Rio Branco. Por volta do meio-dia, os familiares de Nilson Peters espalharam as cinzas trazidas em uma urna do grande craque do futebol. O esportista caiense faleceu em 06 de dezembro de 2017 em Porto Alegre com 84 anos de idade.
Nilson Peters, que foi um grande jogador de futebol profissional tendo atuado em 06 clubes gaúchos nas décadas de 1950/60 (Esperança, Grêmio, Floriano, hoje Novo Hamburgo, Santa Cruz, Grêmio Santanense e Juventude). Era irmão dos craques falecidos - Milton (Brotinho) e Paulo Ildon (Mugica). Nascido no bairro Rio Branco, iniciou jogando com seus irmãos no time do bairro e depois destacou-se profissionalmente no Esperança de Hamburgo Velho, sendo levado em 1956 ao Grêmio FBPA, onde teve companheiros de equipe como Sérgio Moacir T. Nunes, Airton (Pavilhão), Ortunho, Enio Rodrigues, Elton, Milton, Gessy, Juarez e outros craques gremistas.
Estavam presentes na cerimônia realizada no gramado do Rio Branco, a viúva Marisa Peters e seus cinco filhos: Eduardo, Adriana, Patrícia, Débora e Roberta, a irmã do Nilton: Maria Carmem, genros e netos.
O pai do Nilson era Eduardo Acylo Peters que leva o nome do Estádio, área na qual foi construído o atual campo do E. C. Rio Branco. Naquela ocasião da inauguração em 07/09/1986, Nilson esteve presente e deu o ponta-pé inicial do jogo que marcou a inauguração da nova sede do clube.
Iraní Rudolfo Lösch, historiador do futebol regional, fez o registro da solene despedida ao grande futebolista caiense junto à família Peters.


Matéria publicada no jornal Fato Novo com colaboração e Irani Loesch

Nenhum comentário:

Postar um comentário