Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 3 de junho de 2014

4099 - Velha ambulância é aposentada depois de 16 anos de uso

No desfile de 7 de Setembro, a velha ambulância ainda desfilou,
seguida da sua substituta
A velha ambulância dos bombeiros trabalhou durante 16 anos, atendendo pessoas acidentadas ou doentes que precisavam ser removidas para o hospital. Agora, depois de haver recebido uma nova ambulância, muito mais moderna, o Corpo de Bombeiros Voluntários do Caí pode devolver a ambulância que a prefeitura havia lhe emprestado em 1998.

A camionete foi fabricada em 1976 e tinha, portanto, quase quarenta anos de uso. Nos 16 anos de atividade com os bombeiros, ela serviu para salvar muitas vidas e aliviar a aflição de milhares de famílias que tinham uma pessoa ferida ou doente em casa e não dispunham de um carro para a levar até o hospital.

É muito importante ter um corpo de bombeiros na cidade. Os incêndios são raros, mas quando acontecem é fundamental o socorro rápido que só bombeiros da própria cidade podem dar. 

Isso não quer dizer, entretanto, que os bombeiros só têm serviço raramente. Nos seus quase 20 anos de existência, o Corpo de Bombeiros Voluntários caiense já fez 30 mil atendimentos. Desse total, apenas uma pequena parte foi de incêndios. A maior parte foi de socorro a pessoas necessitadas de remoção ao hospital.

O fato dessa velha ambulância haver sido utilizada por tanto tempo reflete as carências que o Corpo de Bombeiros Voluntários teve de superar ao longo de tantos anos. Mas nada disso fez desanimar esse grupo de abnegados. 

Hoje a situação dos bombeiros é bem diferente. A corporação passa por uma fase de brilhante desenvolvimento. Com a ajuda da comunidade, adquiriu um novo caminhão tanque para o transporte de água e está construindo uma nova garagem.

Com muito crédito junto à população, os bombeiros buscam aprimoramento cada vez maior, fazem treinamento constante e melhoram tanto as suas instalações e equipamento.

Não há dúvida de que o Caí está muito bem servido de bombeiros e que eles merecem ser apoiados.
Matéria publicada pelo jornal Fato Novo em 24 de maio de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário