Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

5003 - História do Seminário de Pareci Novo - Terceira Provação



Em 1896, fizera sua Terceira Provação em Pareci o P. Carlos Storr, o primeiro
terceiranista de Pareci. A primeira turma, confiada ao P. Afonso Behr, compunha-se dos
seguintes sacerdotes: P. Leopoldo Brentano, P. José Hutter, P. Leonardo Mueller, P.
Carlos Spitzer, falecido em 1922, em São Francisco de Paula, e P. Geraldo Pauwels, que
em 1928 saiu da Companhia e vive como padre secular no Rio de Janeiro. Em 1922,
fizeram sua Terceira Provação, confiados aos cuidados do P. Behr: o P. José Da Poian,
P. Leonardo Fritzen, P. Pedro Lenz, P. Francisco Xavier Riederer, P. Carlos
Schebendach, P. Theodoro Treis e o falecido P. Maximiliano Schneller~ 214 ~
Em 1924, fez-se um curso de terceiranistas sob a direção do P. Francisco Xavier
Zartmann. Compunha-se a turma dos seguintes padres: Pedro Forsthofer, Luiz Jaeger,
Carlos Mueller e Bernardo Thoerner.
A 8 de dezembro de 1925, o P. Agostinho Haaser entregou a reitoria ao P.
Leopoldo Arntzen que desempenhou o cargo com contentamento geral até o dia 21 de
junho de 1931, dia em que lhe foi confiado o múnus de Superior provincial. Além de
reitor era também consultor da Província, cura das almas e instrutor da Terceira
Provação para o ano de 1927 em que fizeram a terceira provação os padres: Santo
Armelin, João Crisóstomo Drábek, Estevão Herz, Fernando Mueller, José Piet, Inácio
Rambo, José Rodi e Joaquim Teixeira.
Em 1929, absolveu sua terceira provação o P. Alberto Fuger que era ao mesmo
tempo sócio do mestre de noviços.
Em 1931, houve outro curso de terceiranistas confiado à direção do P. Arntzen.
Compunha-se a turma dos seguintes padres: Luiz Fortuna, Gentil José da Frota, Walter
Hofer, Cláudio Mascarello, Agostinho Mandicute, Luiz Mueller, Francisco Rocha,
Huberto Rohden e José Weckering. Quando em 21 de junho o P. Leopoldo Arntzen foi
nomeado Provincial, assumiu interinamente a reitoria da casa do noviciado e a direção
da terceira provação o P. Pedro Lenz até que a, 4 de fevereiro de 1932, entrava pela
segunda vez no cargo de reitor do colégio de Pareci o benemérito P. Agostinho Haaser.
Em 1932, fez sua terceira provação o P. Godofredo Kessler exercendo ao mesmo
tempo as funções de sócio do mestre de noviços. Em 1934, houve um curso de
terceiranistas e desde então houve cada ano turmas ora maiores ora menores de
terceiranistas.

PARECI NOVO –  CASA DOS JESUÍTAS  De 1895 a 1996, Padre Inácio Spohr, SJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário