Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

5004 - História do Seminário de Pareci Novo: Juniorado.



Como continuação da formação ascética recebida no noviciado e como
preparação próxima para os estudos superiores, surgiu em 1923 o Juniorado. Os noviços
entrados em 1920 absolveram a segunda provação em 1922 e deviam logo iniciar os
estudos de humanidades e retórica. Tiveram, porém, que transmigrar para São
Leopoldo, onde fizeram o 1º ano de juniorado sob a competente direção do P. Henrique
Koehler. Só no ano seguinte pôde-se abrir o juniorado no Pareci, para onde emigraram
os quatro primeiros juniores ajuntando-se-lhes aí os primeiranistas Luiz Lenz, Balduíno
Pedro Rambo e Inácio Valle. Para o ano de 1925, entrou o P. Henrique Lanz como
professor do juniorado, assumindo em 1926 o cargo de prefeito dos estudos, cargo que
desempenhou até o ano de 1936.
Em Roma, no entanto, não se parecia estar satisfeito com a casa de noviciado de
Pareci. O P. Marcelo Renaud, Visitador das três Missões do Brasil, de 1920 a 1923,
mandou procurar lugar mais apto para a construção de nova casa de noviciado.
Desejava-se que esta fosse construída próxima a alguma cidade perto da capital do
estado. Mas a Divina Providência que já uma vez impedira a venda do colégio de
Pareci, também desta vez não permitiu que se efetuasse. Procurou-se terreno e casa em
Canoas e arredores, mas os que se acharam eram tão caros que a nossa Missão não se
via em condições de arcar com as despesas. Ficou pois tudo em projeto.
Poucos anos após pediu-se permissão de aumentar a casa do noviciado. Obtevese,
porém, só licença de edificar uma habitação muito provisória, pois ainda se cogitava
de construir noviciado em outro lugar. Não se edificou a casa provisória. Entrementes,
alguns padres de autoridade se encarregaram de desfazer os preconceitos que na Cúria
Geral se tinham contra a construção do noviciado em Pareci. Veio afinal a tão desejada
licença de aumentar o colégio. Já em 16 de julho de 1929, iniciaram-se os trabalhos
dirigidos pelo Ir. Francisco Gellermann. Aprontou-se o edifício em 1931.



PARECI NOVO –  CASA DOS JESUÍTAS  De 1895 a 1996, Padre Inácio Spohr, SJ


Nenhum comentário:

Postar um comentário