Google+ Followers

Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

5268 - Irmão Justino Hartmann - 50 anos de África

O nome de batismo do Irmão Justino era José Antenor Hartmann

A religiosidade foi intensa na região do Vale do Caí, que teve muitos seminários e formou milhares religiosos que depois, em seminários como o de Gravataí, chegaram à ordenação sacerdotal. O vale foi um verdadeiro celeiro de vocações sacerdotais.
Em meados do século XX seminários católicos de formação básica funcionavam nas cidades de Pareci Novo, Salvador do Sul e Bom Princípio.
Naturalmente o Vale do Caí, com sua reduzida população, não necessitava de tantos sacerdotes e, com isso, jovens formados nos seminários da região espalharam-se pelo estado, pelo país e até pelo mundo, dedicando-se à pregação do catolicismo.
Um exemplo disso é o irmão marista Justino Hartmann, que foi servir à igreja na colônia portuguesa de Angola, na África. Onde dedicou-se ao ensino, como é característico dos irmãos maristas.
Nascido em 1928, ele chegou a Angola em 1954 e, conforme consta em placa instalada na cidade de Harmonia, ficou na África por cerca de 50 anos e vindo a falecer, em Maputo, capital de Moçambique, no ano de 2001.
Irmão Justino era o seu nome religioso. O nome de batismo era José Antenor Hartmann.

Foto divulgada no site Tripadvisor por hackmann 17183

Nenhum comentário:

Postar um comentário